Secretaria Paroquial

Expediente

Segundas
8h ás 12h

Terças a Sextas
8h ás 12h e das 14h ás 18h

Sábados
8h às 11h

Fone: (48) 3244.0238

Secretária

Izabel Gorete Steinbach

Mais informações...

Celebrações

Missa Semanal

Matriz
Terças, quintas, sextas: 18h30min
Quartas: 16h30min

Bom Jesus-Abrão
Sábados:19h30min

Missa Dominical

Matriz
Sábados:18h
Domingos: 9h e 18h

Navegantes-Bom Abrigo
Domingos: 19h30min

 


Comunidades

Comunidade - Senhor Bom Jesus de Iguape-Abraão
Comunidades, 5471 visitas

Comunidade de  BOM JESUS DE IGUAPE:
UMA HISTÓRIA  DE UNIÃO DA COMUNIDADE.

Há cerca de 40 anos a comunidade do bairro do Abraão se reunia em um terreno de propriedade particular, para festas e celebrações. Era apenas Igreja - e Povo. Foi então que unidos, resolveram construir uma capela de madeira.

Na época, a pequena comunidade era formada na sua maioria por famílias de pescadores com raízes voltadas para a devoção do Senhor do Bom Jesus de Iguape, de São Paulo, que visitavam em romaria anualmente.

A princípio, construíram uma pequena capela e colocaram como padroeiro o senhor Bom Jesus, cuja festa celebra-se no dia 06 de agosto. Embora permaneçam alguns sinais daquela fé alicerçadas nas promessas de velas e massas, vivemos outro momento.

Atualmente vemos uma igreja e comunidade bastante diferentes daquela de décadas atrás.

Vivemos numa comunidade eclética: social, material e espiritualmente.

A construção de prédios trouxe consigo uma avalanche de famílias das mais diversas origens, crenças e costumes. Temos uma comunidade heterogênea.Nossa gente, na sua maioria, é formada de funcionários públicos que fazem de seus apartamentos apenas dormitórios.  Se esticarmos o olhar,  veremos muita gente mendigando, em condições precárias de habitação, alimentação e saúde: é o "lixo" da sociedade clamando por justiça social.

Apesar das dificuldades e do universo de situações que enfrentamos, temos caminhado bastante. ainda  não é o suficiente, mas sempre com  olhos fixos no Pai e os  Pés plantados no chão da realidade. Nosso maior desafio é atingir os jovens.

Vivemos o abismo  do sem sentido, da degradação e da violência em que está sendo jogada nossa juventude.

Os jovens significam o nosso futuro e se os perdemos hoje, teremos igrejas vazias amanhã.

O momento urge que saiamos de nós e caminhemos em direção aqueles  que não têm coragem de vir. O caminho é longo e são muitas as exigências.

É preciso apostar na organização e manter a esperança. è necessário acreditar na força da utopia, pois onde muitos vêem problemas e dificuldades, os otimistas vislumbram oportunidades.

 Mesmo que a jornada canse e as metas se distanciem, o simples fato de estarmos a caminho é graça, dom e previlégio.

Em meados do ano de 1963, um grupo de moradores do bairro do Abraão,  sentiu a necessidade da presença de Deus mais perto da comunidade. Começaram então a agilizar a construção de uma capela no bairro.  Entre estes moradores estavam o Sr Duca,

militar e dono de uma mercearia no bairro, o senhor Manoel Correa,  funcionário da Celesc , o senhor Pedro Valdemar Luz que era o dono de um forno de queimar cal e o senhor José F. Peres ( Zezinho) que doou o Santo Padroeiro. A imagem do Senhor Bom Jesus, vindo da cidade de Iguape, Estado de são Paulo, chegou à comunidade provavelmente entre os dias 12 e 15 de agosto de 1963. Tão logo a imagem chegou o senhor Agenor Joaquim Rachadel (dodo)  e o ser Wilson Correa, filho do Senhor Manoel Correa juntaram-se ao grupo anterior  e no terreno do Sr. Pedro montaram as barracas para a primeira festa do Senhor Bom Jesus, onde foi arrecadado a importancia R$ de 800 cruzeios, conferido pelo padre Quinto. a partir de então, outras festas ( barraquinha como eram chamadas na época)  foram realizada, já em outro terreno ( terreno do Sr. Miro)  que ficava quase em frente a atual igreja, e que tinha como finalidade angariar fundos para a construção de uma capela. Provavelmente entre 1964 e 1965, foi comprado o terreno onde hoje se encontra a  igreja.  Foi neste terreno adquirido com o esforço d comunidade é que de fato  foi contruida a primeira capela do bairro do Abraão. Uma modesta capela de madeira, medindo 2x2 metros, onde só podiam estar o padre o sacristão, e a imagem do Santo Padroeiro. O povo assistia as celebrações do lado de fora da capela. não há uma informação certa de quem celebrou a primeira missa na nova Capela , mas é quase certo que foi o Padre Fernando (Orionita). Passado dois anos, a comunidade conseguiu angariar fundos para a construção de uma nova capela. para que o povo não ficasse sem a celebração eucarística, esta nova capela  foi construida por fora da anterior tendo 40 metros quadrados e depois de pronta, foi  demolida a pequena capela anterior. Dona Chiquinha uma das moradoras do bairro, doou um dos bancos da nova capela  graças ao dinheiro que arredou com a venda de berbigão,  que ela mesma retirava do mar que  banha o bairro . Tendo como pároco o Padre Manuel dos Santos  deu- se início da construção da atual igreja do Senhor Bom Jesus de Iguape com 160 metros quadrados. Em 20/09/1977 foi feita a consulta de viabilidade junto a Prefeitura de Florianópolis para a construção da nova igreja. No dia 27/10/1977 foi pago CR$ 800 cruzeiros pela planta da nova igreja . Em 25/11/1977 foi solicitado  a autorização para a demolição da igreja de madeira, autorização esta , liberada em 05/12/1977 . Em 21/02/1978 a Prefeitura aprova o Projeto arquitetônico da nova igreja bem como a liberação para a construção da mesma . Em 25/06/1979 a Prefeitura libera o habite-se. Construida em alvenaria e com dois pisos, sendo o piso  inferior como salão de festa e o piso superior com a igreja.

A nova igreja foi abençoada em 19/05/1979. entre 1979 e 1980, foi construída as partes adjacentes ( sala de catequese) e que também serviria de residencia para a dona Cota responsável por cuidar da igreja. Porém o Pe. Maneca  não permitiu que a mesma ali morasse.

Em seguida ,iniciaram a construção do salão de festas.  Em 03/07/1979 foi adquirido o terreno ao lado da Igreja  100 mil reais onde em 27/08/1988 foi feita a consulta de viabilidade para a construção do salão de festa e sala de catequese.

Em 18/05/1990 foi solicitado o alvará de construção para construção da sala de catequese no piso superior e salão de festa na parte inferior, sendo liberada a construção em 25/05/1990. Assim, graças a esses homens e mulheres de Deus , temos hoje , uma igreja bela e aconchegante para atender aos anseios religiosos de nossa comunidade.

Publicado por Administrador
Comente!





Código de verificação Nova imagem **Informe o resultado do calculo


              


*Informações obrigatórias

Veja também outros relacionados à Comunidades






©2017 :: Resolução mínima: 1024x768 :: Fone: (48) 3244.0238 :: Florianópolis : SC : Brasil :: v140617g06
Online: 41 :. visitas hoje: 894 :. total de visitas: 896008

By Ilha da WEB